20 de julho de 2015

Domingo, 12/07/15

Chegamos a NYC pela manhã e no hotel, após a imigração, taxi, etc., perto da hora do almoço.


Fomos almoçar no Chelsea Market, bem perto do The Jane Hotel, onde estamos hospedados. Faremos um post sobre o hotel mais tarde - é um lugar incrível, tipo festa-estranha-com-gente-esquisita, mas muito, muito legal. Pra quem quiser ver um pouco do hotel e sua história, basta clicar aqui.

Um bar na lateral do Chelsea Market
 O Chelsea Market foi a sede inicial da Nabisco, a National Biscuit Co. Ficou abandonado muito tempo e/ou mal utilisado com a mudança da empresa. Só voltou a ter importância com a revitalização da área de Chelsea, há coisa de uma década.
Ao lado do Highline
 Também demos uma volta no Highline, pra matar saudades, e ver o que eles fizeram com o Minhocão deles. Não, não acho que devamos fazer o mesmo que eles fizeram. Motivo: o deles é bem menor, tanto em largura quanto em comprimento, e não oprime as ruas que estão embaixo, como o nosso, que impede o sol e cria uma acústica dos infernos. O nosso, junto com seu nome de batismo e de seu autor, deve mesmo ser demolido e esquecido.
Bicicletas ao lado do Chelsea Market
Voltando a nosso almoço, a Jackie comeu um crepe e eu fui de sushi vegano, da Beyond Sushi, comida de qualidade excelente. Tenho um amigo que acha que capitalista só come carne gorda e que são todos obesos. Sabe de nada, inocente!

Nas regiões ricas da cidade, o que menos se vê é gente gorda. Mais sobre isto no post sobre Coney Island, nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...