29 de setembro de 2011

Dia #9 - Tail of the Dragon

Tracey, a cadela que mora na varanda do chalé que ficamos

Finalmente iremos nos testar na Tail of the Dragon! Arrumamos as coisas nas motos e nos despedimos da Tracey, vira-latas que mora na varanda de nosso chalé. Ela já tem 12 anos, segundo a dona dos chalés, mas é super-ativa, manda nos outros cães e é a que come primeiro. Viver solta, no campo, tem suas vantagens. Saúde, apesar da idade, não lhe falta. Fico com pena dos cães de sofá.
Na falta do urso de pelúcia da Deluxe da Jackie,
um dragão de pelúcia na EG!
A Jackie estava um pouco ansiosa. São 318 curvas em 11 milhas, ou menos de 18 km. Ontem, pra relaxar, ela comprou um dragão de pelúcia para adornar sua moto.
O último nascer do sol visto de nosso chalé...
Vimos o último nascer do sol do chalé e partimos. Tomamos café novamente no McDonalds e zarpamos para o Deal's Gap, a loja/motel/oficina de costura/mecânico/bar no iníco das curvas da estrada, a famosa US 129, aka Tail of the Dragon.
Jackie no mirante da Tail of the Dragon
Apesar de tensa, a Jackie mostrou bom humor e saiu desapegadamente. Claro, ela não é de desisitir e tem confiança nela mesma.

A estrada é muito boa, com curvas extremamente bem pensadas e igualmente apertadas. Tem muito jaspion por aqui, embora os daqui sejam mais cuidadosos e não irão ultrapassá-lo durante todo o percurso, já que é proibido.

Tivemos sorte e ninguém ficou atrás de nós! Fiquei "escoltando" a Jackie pelo espelho e ela comportou-se de forma admirável. Fez todas as curvas com confiança e sem baixar a velocidade. Parabéns, moça!
Nós e as motos
Não há qualquer ponto para parar e tirar fotos. No final do trecho com as curvas mais difíceis há um mirante, em ambos os lados da estrada, onde o pessoal pára e tira fotos. No meio do percurso, em alguns lugares que se consegue fazer isto, há fotógrafos profissionais que tiram sua foto e depois vendem através do site deles. Veremos como saíram as nossas!
Eu, a Jean e o Ray
Encontramos a Jean e o Ray no tal mirante e pedimos que tirassem uma foto nossa. Tivemos uma empatia muito grande, são gente finíssima e, claro, conversamos bastante sobre viagens, equipamento e outras coisas.
O Tenessee River, que acompanha a parte
final da Tail
Deste mirante também pode-se ver alguma coisa da paisagem, como o Tenessee River. Eu levei a câmera de vídeo no capacete, mas não sei, ainda, como saíram as filmagens. A EG, devido ao bat wing (carenagem do guidão) não permite que se monte a câmera no guidão, o que atrapalha a filmagem. Se a filmagem ficar boa, publicaremos aqui.
Uma Corvette no mirante
As motos constituem a maioria dos veículos que percorrem a estrada. Entretanto, há muitos carros esportivos lá, também, como a Lotus 1958 que mostramos ontem. Acima, uma Corvette, "carne-de-vaca" por aqui.
Na loja da H-D de Tallassee
Após o trecho de serra a estrada torna-se praticamente plana e com poucas curvas e segue acompanhando o Tenessee River, represado em vários lugares e que, por isto mesmo, é bem espraiado. Claro, não faltaria um loja da H-D no final da serra, vendendo camisetas e outras coisas. Também ao lado fica o cara que costura patches e conserta jaquetas de couro. Compramos um patch da estrada e um pin. E eu ganhei um pin do Flying Fuck, o meu  quebrou no começo do ano.
Pose clássica na varanda da loja da H-D
(pena que não dá pra ver a cadeira de balanço!)
Tiramos várias fotos lá. Não gostamos muito de parar em lojas da H-D, como já dissemos, mas a Jackie estava radiante com o seu desempenho na serra e, claro, após acumular tensão por vários dias, precisava de um parada assim que possível.
Foto tirada pelo dono da loja
O dono da loja gostou de saber que éramos brasileiros e nos ajudou tirando algumas fotos nossas. Eles têm uma varanda enorme na frente da loja, com cadeiras de balanço. Acho que o pessoal termina a descida e vem relaxar aqui.
E o Carlão relaxando, após a missão cumprida (levar
a Jackie até o final da estrada)
Senti-me gratificado em ver que a Jackie havia concluído o roteiro e estava radiante de felicidade. Não é fácil fazer o que ela fez - e tem feito - só pra andarmos juntos de moto.
O vizinho da loja da H-D deve ficar irritado
com o pessoal que para em sua porta...
Ao lado da loja da H-D há, também, uma casa de veraneio. O proprietário provavelmente pratica esqui (dá pra deduzir, né?) e deve ficar incomodado com o estacionamento irregular em frente ao seu portão. O cartaz é bem ilustrativo...
Jackie na varanda da loja, com o gato
que é uma atração
Ainda na loja, podemos ver o gato deles, que fica desavergonhadamente pedindo carinho a qualquer um que se aproxime. No caso, a Jackie.
O dono do boteco
O dono da loja é muito bacana e gostou muito de ter nos recebido, já que nunca um brasileiro entrou lá, segundo ele.
Brownie com cheesecake - um delírio
Seguimos em frente até Tellico Plains. Já estivemos na cidade anteontem. Ela fica no final da Cherohala  Skyway, que fizemos há dois dias.
Os sanduíches
Havíamos pesquisado um pouco sobre os restaurantes da cidade e esta padaria - sim, padaria - é a mais recomendada. E não é pra menos. Pão sensacional, artesanal, e combinações de recheio perfeitas. Claro, há também brownies e outras coisas bem diet.
Vista do pátio do motel
Seguimos para o motel, na realidade cabins, ou chalés. Acertamos novamente. É um pouco afastado da cidade, mas valeu a pena. O Jim, que cuida do lugar, pelo jeito faz de tudo: deixa tudo arrumadíssimo, limpo, é atencioso e faz questão que tudo funcione. Pra terminar, preparou nosso jantar. Berinjela à parmegiana para mim e hamburguer  com queijo para a Jackie. De sobremesa, sorvete frito. Sim, isto mesmo.
A bandeira americana na varanda dos quartos
Trata-se de uma bola de sorvete empanada que vai pro óleo quente, só pra deixar a casca dura. Excelente.

O atendimento é, ao mesmo tempo, simples e completo. Recomendamos MUITO o Tellico Plains Cabins! E, claro, seu gerente, o Jim Funke.

Amanhã visitaremos a destilaria Jack Daniels e almoçaremos no restaurante da sobrinha-neta dele, a Ms. Bobo.

Vimos a previsão do tempo e parece que uma frente fria - a mesma que limpou o tempo nas estradas dos Apalaches - deixou uma poderosa massa de ar frio aqui na região. Vai ser gostoso. Depois de Lynchburg, sede da Jack Daniels, seguiremos para Huntsville, Alabama. E depois, Atlanta.

9 comentários:

  1. O Dragão de pelúcia ficou muito bom na moto Jacque... Ele foi seu mascote na descida da Tail of Dragon... Legal garota, é isso aí!!! Você é fera.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal a Tail of The Dragon, só de ver essa estrada da vontade de rodar nela! :oD

    Acabei de ver no Facebook q é teu aniversário, Parabéns Carlão!!!...Muitos anos de vida e muita estrada!!! :oD

    []s

    ResponderExcluir
  3. Gostaram da loja Peterson North?? Tem bastante coisa pra comprar lá?? Vou pra miami e vou ver se passo nessa loja.

    Abraços e boa viagem!!

    LUIZ (LO)

    ResponderExcluir
  4. Oi, Glaucius!

    É, hoje fico um ano mais velho... hehehe!

    A estrada é bem legal. O pessoal por lá viu muito poucos brazucas, ficavam sempre surpresos com a gente...

    O velhinho dono da loja da H-D nos deu um monte de brindes por conta disto (adesivos, etc., mas foi bem legal!).

    []s e espero que a gente possa rodar juntos em breve!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luiz!

    Em termos de roupas e apparel, em geral, eles têm muito mais do que qualquer loja da H-D que estivemos.

    Não fomos fazer compras, compramos apenas algumas aranhas e uma capa de capacete rígida que estava bem barata, além de um óculos escuro de US$ 20.00 pra mim, que perdi o RayBan no Canadá. Não gastamos nem US$ 150.00 no total.

    Quanto a peças e outros, eles devem fazer como a maioria das lojas da H-D nos States: você liga e/ou manda e-mail e pede as peças com uma semana de antecedência. Quando chegar lá vc apanha. Eles não têm trabalhado com estoque.

    Se for alugar moto, lá é o lugar. Só motos 2012 zeradas.

    []s

    Carlão

    ResponderExcluir
  6. Valeu Carlao,

    ano q vem vou fazer uma viagem pra andar de moto lá e é bom saber q lá é bacana para alugar as HDs

    abraços

    LUIZ (LO do FHD)

    ResponderExcluir
  7. Hello, jovem casal...estou indo para lá em julho e apreciei muito as dicas de voces. Trocaremos figurinhas na volta, e confesso estar ansioso demais. Acredito ser mais emocionante que a rota 66, que fiz ano passado.

    Um abraço
    Thorjão "Lone Wolf"

    ResponderExcluir
  8. Adorei seu blog, as dicas são otimas. Fantastico roteiro, Parabéns!! Será que vocês lembram o endereço da Tellico Plains Cabins? beijos

    ResponderExcluir
  9. Aqui vai: http://www.tellicocabinstn.com/ . Olha, eles são super-mega-hiper-atenciosos e hospitaleiros. Outra coisa: na época (2011 - tá na hora de voltar!) o GPS indicava um endereço errado, jã devem ter corrigido. []s e boa viagem!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...