31 de maio de 2018

Maria Farinha Cozinha

Muitos dos nossos amigos vivem pedindo recomendações de restaurantes e afirmam que nós sempre temos boas dicas para dar.

Pois bem. 

Decidimos que vamos falar sobre restaurantes gostosos que frequentamos (além das viagens, claro!) aqui no blog.

E, para a estreia, escolhemos falar do Maria Farinha Cozinha, restaurante de comida brasileira/caipira, comandado pela competente e simpática Lisandra Amaral.


Placa anunciando os pratos do dia.
Foto: Jacqueline Hochberg



Gente, a comida é muito simples e, por isso mesmo, maravilhosa!

Explico:

Os ingredientes são frescos e muitos deles são orgânicos e adquiridos de pequenos produtores. O melhor é saber que Lisandra se preocupa com isso e quer ampliar as compras neste sistema.

Decidimos conhecer o restaurante no feriado de Corpus Christi na companhia de uma amiga, a Lígia, que colaborou com este post com várias fotos (obrigada!).

Chegamos e eu pedi um Cidreirinha (chá gelado de erva cidreira com soda - R$ 8,00) que estava uma delícia. Assim que a Lígia chegou, pedimos chips de jiló (jiló caipira empanado na farinha de trigo temperada - R$ 7,00) para petiscar e cerveja pilsen Bendicta (R$ 16,00 - 600 mL). Tudo muito gostoso, com destaque para o jiló que estava muito bem temperado, com bastante limão. Ah! Pedimos pimenta e, como não poderia deixar de ser, é feita na casa e em duas versões: uma mais suave e outra mais forte. Ambas muito saborosas.

Para os pratos principais escolhemos as duas versões de baião de dois que a casa oferece: a convencional e a vegetariana, pro Carlos. As duas estavam incríveis. A primeira vem com um lindo ovo caipira frito e um delicioso vinagrete de banana acompanha a versão vegetariana.


Baião de dois com ovo caipira. O copinho logo acima é de pimenta da casa.
Foto Jacqueline Hochberg 

O prato eleito por Lígia foi a moqueca vegetariana de banana da terra (R$ 36,00), aquela anunciada na placa como prato do dia. Saborosíssima, chegou fumegando à mesa, acompanhada de arroz e farofa.


Moqueca vegetariana de banana da terra, arroz branco e farofa.
Imagem: Lígia Reis

As sobremesas... ficamos em dúvida e nossa estratégia foi, claro, cada um escolher uma para poder provar três delas no mesmo dia. 

Não, não somos bobos, você acertou.

A da Lígia foi aquele clássico que as pessoas insistem em fazer do jeito tosco, mas que aqui no Marinha Farinha ganha toda a sua plenitude: pudim de leite condensado. Isso mesmo! É só pudim de leite (R$ 12,00). Se nunca comeu só "de leite" você precisa experimentar.

Olha que lindeza:


Pudim de leite.
Foto: Lígia Reis


Eu escolhi outro clássico da doçaria brasileira: bolo toalha molhada (R$ 8,00) que, na versão do Maria Farinha, também dispensa o leite condensado (yesss!). Por ter me encantado tanto com meu doce me esqueci de fotografar (desculpem-me!). Mas o bolo é aquele mesmo que você está pensando, bem geladinho e embrulhado em papel alumínio. Pode pedir!

O doce do Carlos estava fantástico: torta de cacau com calda de cupuaçu (R$ 13,00). Trata-de de um quadradinho bem úmido de cacau e amendoim e de uma calda aveludada, quase um creme, feito de cupuaçu.



Torta de cacau com calda de cupuaçu.
Foto: Carlos Hochberg.

Claro, para quem nos conhece, não poderia faltar: Todos os doces estavam acompanhados de excelente café coado (R$ 6,50), servido no bule. 



Delícia de almoço.
Foto: Carlos Hochberg



Vista do Maria Farinha Cozinha.
Foto: Lígia Reis

Contato:
Lisandra Amaral
Rua Padre Carvalho, 771, Pinheiros, São Paulo, SP
Facebook: https://www.facebook.com/mariafarinhasp/
Instagram: @mariafarinhasp


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...