27 de julho de 2012

Juliana e Erik na Rota 66


A Juliana encontrou o Suba na Garupa! enquanto pesquisava o roteiro de sua viagem. A conversa começou com um email em que ela perguntava sobre o guia que utilizamos e outras perguntas. Trocamos muitas mensagens e, agora, ela escreve um relato sobre a aventura com o marido, que incluiu até o casamento em Las Vegas!

Leia o relato de Juliana e anote as dicas! As fotos da Juliana estão separadas pelos estados americanos que ela e o marido visitaram.

____________________________________________________________


Fazer a Route 66 parecia um sonho distante. Sempre soubemos que um dia iríamos fazê-la, mas nunca sequer chegamos a cogitar a idéia pq, na nossa cabeça, parecia algo muito alem do nosso alcance. Foi durante as muitas tentativas de realizar um outro sonho, o nosso casamento, que essa viagem começou a tomar forma.
A nossa vontade sempre foi fazer um casamento com a nossa cara, do nosso jeito, sem todo aquele roteiro batido e já conhecido que todo casamento tem. Tudo parecia mise-en-scene demais! Um dia, falando sobre o casamento, e sobre como preferíamos mil vezes investir o dinheiro numa viagem muito bacana, chegamos a conclusão de como seria perfeito poder casar e passar a lua-de-mel na Route 66. Bem.... não se pode ter tudo, mas pra tudo tem um jeito não é?? 
Um dia, meio que de brincadeira, sugeri ao meu marido: “vamos nos casar em Las Vegas!!” Ele topou na hora!!! Haahahahaha!! 

Começamos então a pesquisar roteiros, preços, datas, etc. e no meio dessas pesquisas descobrimos que Las Vegas faz parte do roteiro de muitas pessoas que fazem a Route 66.  Pronto. A fórmula estava pronta, bem ali na nossa frente. Casamento+Las Vegas+Route 66. Estava pronto o nosso roteiro.
Estipulamos o prazo de um ano para conseguir tudo: economizar, emitir passagens e visto, montar roteiro, e tudo mais que fosse preciso. E um ano depois, lá estávamos nós embarcando para Chicago, cidade onde começa a Route 66. 
Passamos um mês na estrada. Fizemos a Route 66 do começo ao fim (de Chicago a Los Angeles),  de moto, é claro! Nos casamos em Las Vegas, e de lambuja, ainda fomos a Milwaukee, conhecer o museu da Harley Davidson, e finalizamos com 3 dias em Nova Iorque.  
Cada dia que passamos lá foi perfeito. Enfrentamos frio, chuva,  o sol escaldante do deserto e neve. Conhecemos lugares incríveis e pessoas extremamente simpáticas, educadas e muito curiosas em saber nossa história. Tínhamos muitas dúvidas e um certo medo de como seria pilotar nas estradas nos EUA, se o casamento daria tudo certo, e torcendo muito para conseguir cruzar o país de ponta a ponta, sem que nada e nenhum imprevisto acontecesse. E deu tudo certo! Dirigir nos EUA é muito tranqüilo e muito seguro, e graças as nossas intensas pesquisas, pudemos aproveitar a viagem ao máximo. Essa é, na minha opinião, o grande segredo para qualquer viagem: pesquisar muito! 
A idéia era fazer uma espécie de diário de bordo, onde no final de cada dia, contaríamos um pouco do dia-a-dia na estrada. Mas cada dia era muito intenso, e muitas vezes cansativo, e acabamos não fazendo. E como eu me arrependo de não ter feito!! Temos uma (ou muitas) história pra contar de cada cidade que passamos e cada estado que cruzamos, e para não alongar demais essa história, segue algumas fotos dessa, que com certeza, foi a viagem mais marcante das nossas vidas!

Illinois:

 




Missouri:




Kansas:





Oklahoma:





Texas:









New Mexico:





Arizona:









Califórnia:







Dicas Chicago:
Navi Pier - Hoje é considerado um dos atrativos turísticos mais famosos de Chicago e parada obrigatória para os turistas, principalmente no verão. No Pier pode ser encontrado: restaurantes, bicicletas para aluguel, passeios de barcos, cruzeiros no lago com jantar ou almoço, táxi aquático, venda de souvenires, roda gigante, teatro, cinema em 3D com tela de 22 metros de altura, shows, museu da criança e muito mais. São realizadas queima de fogos nas quartas e sábados a noite durante o verão e Sextas e Sábados no Outono. A entrada no Navy Pier é gratuita, mas as atividades realizadas no local são pagas.

House of Blues > Imperdível!!!!! Reserve um domingo para o famoso e disputadíssimo Gospel Brunch. Uma delicioso e farto café-da-manhã ao som de um empolgante grupo gospel. Vc vai se sentir dentro do filme "Mudança de Hábito". 329 N. Dearborn, Chicago, IL 60654. Todos os domingos as 10h00 e as 12h30.

Millenium Park > O cartão postal de Chicago!! Aberto das 06h00 às 23h00 – gratuito
(201 E. Randolph St., between Michigan Ave. and Columbus Ave.)
Um parque público, cheio de atrações no mínimo... diferentes. No verão, depois do trabalho, as pessoas estendem uma toalha no gramado, deitam e escutam música... outros vão com cadeiras, toalhas, comida e fazem uma espécie de jantar/pic-nic...

Não tivemos a oportunidade de conhecer muitos restaurantes em Chicago, pq nos hospedamos na casa de amigos, mas uma ótima dica para um almoço ou jantar é no John Hancock Observatory. Além de pratos deliciosos e super acessíveis, vc ainda pode aproveitar para ter uma incrível visão 360o da cidade de Chicago e dos estados de Michigan, Indiana, Wisconsin, Illinois, do alto do 98o andar!! Para o café-da-manhã, além do House o Blues, tb recomendamos o Lou Mitchell's,  ponto de partida muito comum de quem faz a Rota 66. Ele está na Rota 66, no trecho de Chicago, desde 1923. E a noite, não deixe de conhecer o Timothy O'Toole's Pub e seu extenso menu de cervejas!!

Dicas Los Angeles:
Palms Thai:  Uma incrível variedade de delícias tailandesas!! Comemos lá dois dias seguidos. Cardápio com bastante opções, deliciosos e super baratos!! O lugar é bem grande e vive lotado. Para quem gosta de pratos etnicos, esse é o lugar!

The Groove: Um dos lugares mais gostosos de Los Angeles. O The Grove é uma espécie de de shopping ao ar livre com lojas, cinemas e restaurantes reunidos num ambiente lindo e muito charmoso! Nesse dia comemos no Cheesake Factory, mas tem bastante opções de restaurantes. Falando em comer, o Farmer's Market fica ali ao lado, com mil opções de comidas e petiscos de vários lugares do mundo, inclusive do Brasil. Tudo isso em barraquinhas, num clima bem informal, como se fosse um mercadinho mesmo.



Siga no twitter: @subanagarupa | Curta no Facebook: Suba na Garupa!




3 comentários:

  1. Parabens, fizeram ela inteira...parabens!!! fiz somente de California ate Texas. Quem sabe faco o resto.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde.
    Gostaria muito de entrar em contato com o casal Juliana e Erick, pois estou pretendendo fazer a Rota 66 em 2013 e queria receber informações e dicas a respeito. Desde já agradeço.
    Atenciosamente
    Fabrício

    ResponderExcluir
  3. Olá, Fabrício!

    Eles deixaram as dicas no texto. Além disso, você pode consultar sobre a viagem que fizemos por parte da Rota em 2010. Consulte a aba superior ou as tags na barra lateral direita. Se precisar de mais informações entre em contato, ok?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...