24 de setembro de 2011

Dia #4 - Savannah, GA, até Charleston, SC

Saímos de Savannah mais tarde do que pretendíamos - perto do meio-dia - o que resultou numa viagem mais difícil por conta do calor e da umidade quase insuportável em Savannah. Fora isto a estrada é muito boa e fizemos o percurso sem qualquer problema.


São cerca de 170 km entre as cidades. Ao sairmos de Savannah pegamos a US 17 que, naquele trecho, tem mão dupla e é lindíssima. Depois, I-95 novamente e novo retorno à US 17, até Charleston.

Posso dizer que já estou me acostumando com a Electra Glide, mas a minha Deluxe ainda é a minha preferida. Talvez com algumas adaptações, principalmente no guidão, a moto ficasse mais confortável, mas é inegável que o espaço pra guardar as tranqueiras está me cativando de um jeito... (Comentário do Carlão: a moto é traiçoeira em baixa velocidade. Transmissão ruim, engate da primeira sempre impreciso e difícil. Na estrada não apresenta problemas, é bem estável, claro. O TC103 é um motor ruim, também. EVO rulezzzz!)

As manobras também estão se mostrando mais fáceis com o passar dos dias. Vamos ver como será o meu desempenho na Tail of the Dragon.

Mas e a cidade?

Charleston é muito legal e dá pra ver por sua arquitetura o quanto esta cidade foi rica e importante. Foi a mais rica dos Estados Unidos até 1810, o que não é pouco. Charleston vive, desde aquela época e até hoje, de arroz, algodão, amendoim e tabaco. Hoje, some-se a tudo isto o turismo.

Amanhã sairemos pra conhecer a cidade e contamos melhor.

Chegamos por volta de 16:00h e pegamos os primeiros pingos de uma chuva bem forte, mas deu tempo de chegar ao hotel antes de nos molharmos.

Desta vez nos hospedamos no Best Western e, apesar de o hotel ficar beeem longe do centro histórico, vale bastante a pena: bons equipamentos, quarto grande e confortável. Bom.

Antes de jantarmos, fomos comprar algumas coisas num supermercado quase em frente ao motel. Na saída, nos deparamos com o cartaz abaixo. Pode???
Marketing direto bem ao lado do ATM do supermercado...
Jantamos no Gaulart & Malicet, um bistrô francês meio descolado que não tem mesas, apenas se pode comer no balcão que serpenteia o pequeno lugar.

O atendimento é bastante atencioso e rápido. Eu pedi uma sopa de frutos do mar que estava fantástica e também comi um Croq'Monsier bastante honesto. Já o Carlos foi de sopa de cogumelos e uma combinação de vegetais no vapor com queijo suíço gratinado com couscous.

Tomei suco de hibisco - verdadeira iguaria - e o Carlos tomou cerveja de beterraba, aromatizada com frutas.

Sobremesa? Cheesecake com calda de cassis. Quando ao cheesecake devo acrescentar que este não pode ser comparado com o que eu faço porque não era assado e porque Charleston se localiza acima do Rio Grande. Abaixo do rio Grande o meu ainda reina soberano (em minha modestíssima opinião, claro! Hahaha!).

Voltamos para o motel e fomos dormir. Amanhã o dia será de muita caminhada pela cidade.

2 comentários:

  1. Estaremos em Charleston amanhã, dia 27. Vamos ficar no Best Western de Patriots Point, pois vamos visitar o museu naval que existe lá. Há um porta-aviões, um submarino e um contratorpedeiro (destroyer) abertos à visitação.

    ResponderExcluir
  2. Grande Wilson!

    Estivemos no museu naval ONTEM!!! Hehehe! É MUITO legal, vale a pena, apesar de alguns problemas de conservação no submarino. Pelo que soubemos, o destroyer não está lá, está em manutenção. Mas o resto vale MUITO a pena. Aproveite.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...